Tribunal abre investigação à campanha de Bolsonaro no WhatsApp

Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro

  |  Marcelo Sayao/EPA

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil aceitou na sexta-feira uma ação proposta pelo Partido dos Trabalhadores (PT) contra a candidatura de Jair Bolsonaro para investigar um suposto esquema ilícito de distribuição em massa de mensagens no WhatsApp.

A ação foi aceite pelo juiz Jorge Mussi, responsável pela fiscalização da regularidade dos serviços eleitorais, e deu prosseguimento a um pedido baseado em denúncias publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo.

O juiz iniciou a investigação e abriu prazo de cinco dias para a defesa do candidato da extrema-direita responder às questões suscitadas pela Ação de Investigação Judicial Eleitoral solicitada pelo PT.

Leia mais em Jornal de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG