"Tombou uma árvore gigante de África". Líderes africanos no último adeus a Mugabe

O histórico líder do Zimbabwe, que governou o país com mão de ferro desde a independência e até ao golpe de Estado de 2017, morreu aos 95 anos em 6 de setembro em Singapura, onde estava hospitalizado desde abril.

Uma dúzia de chefes de Estado africanos, acompanhados por altos funcionários e representantes de outras partes do mundo, além de centenas de cidadãos do Zimbabwe, participaram, em Harare, nas cerimónias fúnebres oficiais do ex-presidente Robert Mugabe.

"Tombou uma árvore gigante de África", disse o presidente Emmerson Mnangagwa, que substituiu Mugabe em 2017, no discurso de abertura das cerimónias.

Leia mais em Diário de Notícias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Exclusivos