Seis dirigentes vão lutar pela liderança da UNITA

Seis dirigentes vão lutar pela liderança da UNITA

Seis dirigentes da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, Alcides Sakala, Kamalata Numa, José Pedro Catchiungo, Raul Danda e Paulo Lukamba "Gato" aspiram suceder a Isaías Samakuva na liderança do partido do galo negro.

Depois do deputado e porta-voz do grupo parlamentar Adalberto da Costa Júnior, na sexta-feira, ter formalizado a sua candidatura, hoje mais cinco dirigentes seguiram-lhe os passos: Alcides Sakala (deputado, porta-voz e secretário para as relações internacionais), Abílio Kamalata (general na reserva e membro do comité permanente da comissão política), José Pedro Catchungo (deputado e primeiro vice-presidente da bancada), Raul Danda (o deputado e vice-presidente) e Paulo Lukamba "Gato" (general e antigo secretário-geral)

Os aspirantes à sucessão do atual presidente, Isaías Samakuva, que está à frente do partido do "Galo Negro" há 16 anos, cumprir uma série de requisitos, entre os quais a entrega de mil assinaturas, incluindo pelo menos 50 em cada província. Além disso precisaram de entregar mais 100 assinaturas dos membros da comissão política da UNITA.

Agora as candidaturas serão avaliadas pela comissão de mandatos e os candidatos elegíveis serão anunciados no dia 11 de outubro.

Só depois desta data se saberá quem irá disputar as eleições.

O novo presidente do maior partido da oposição angolana da UNITA irá a votos durante o XIII Congresso Ordinário da UNITA, que se realiza entre 13 e 15 de novembro, em Luanda.

Relacionadas