Salles nomeia amigo no Meio Ambiente sem critérios exigidos pelo governo

O ministro do Ambiente, Ricardo Salles, em seu apartamento nos Jardins, em São Paulo

O ministro do Ambiente, Ricardo Salles, em seu apartamento nos Jardins, em São Paulo

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, nomeou um de seus amigos do movimento Endireita Brasil, o empresário André Pitaguari Germanos, para o cargo de diretor do departamento de recursos externos da secretaria-executiva da pasta.

As informações apuradas pelo blog indicam que ele não preenche nenhum dos três critérios exigidos para o cargo. Apesar da nomeação de cargos de confiança ser de livre escolha do ministro, o decreto 9727/19 exige requisitos mínimos para funções de Direção e Assessoramento Superior (DAS). O cargo a ser assumido por Germanos é classificado pelo governo como "DAS - 5".

Segundo o decreto, o nomeado para o cargo de assessoramento superior de nível cinco deve atender a pelo menos um dos três critérios: experiência profissional na área de atuação do órgão ou do cargo; experiência em comissão ou função de confiança em qualquer poder público; ou ainda título de mestre ou doutor em área correlata à atuação do órgão ou do cargo.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos