Rio emendará "erro" com pacote mais vasto sobre habitação

Rio emendará "erro" com pacote mais vasto sobre habitação

Lusa

Líder do PSD vai avançar no debate do Orçamento do Estado para 2019 com uma proposta de taxação das mais-valias imóveis que não implica um aumento da carga fiscal.

O partido está à espera de que o líder do PSD dê sinal à bancada parlamentar para rejeitar a chamada "taxa Robles". Rui Rio já se demarcou da proposta bloquista "que ainda não está em cima da mesa". E deverá emendar o que é visto no PSD como um "erro" - ao ter deixado passar a ideia para a opinião pública de que apoiava a medida do BE de combate à especulação imobiliária - com um pacote mais vasto sobre a habitação, em que se inclui a proposta de uma taxa sobre as mais-valias diferenciada para quem manteve um imóvel durante vários anos e para quem o vende rapidamente.

Fonte da direção do PSD garantiu ao DN que "ficará claro" que a proposta de Rui Rio não é a criação de um novo imposto, como quer o Bloco de Esquerda, e que a solução encontrada não aumentará a carga fiscal. "A solução é técnica e ainda será fechada, mas passará por uma taxa mais baixa no IRS para quem mantenha a propriedade durante mais tempo e mais pesada para quem a aliene rapidamente", afirmou a mesma fonte.

Leia mais em Diário de Notícias.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG