Raimundo do Rosário diz que sucessor terá "outras opiniões"

Raimundo do Rosário viu hoje na Assembleia Legislativa várias críticas à demora das obras públicas e pediu calma para que possa fazer o seu trabalho. O secretário lembrou que os estudos encomendados não são desperdício do erário público e que as ideias podem mudar como aconteceu com o centro modal nas portas do cerco.

Peça emitida no telejornal da TDM - Canal Macau, em 29/01/2019.

Leia mais em TDM - Rádio Macau.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG