Procurador-geral, pai do chanceler Ernesto Araújo dificultou extradição de nazista

Gustav Wagner, nazista que fugiu para o Brasil após a Segunda Guerra e morreu em 1980 no interior de

Gustav Wagner, nazista que fugiu para o Brasil após a Segunda Guerra e morreu em 1980 no interior de São Paulo

  |  Reprodução

Em 1978, Henrique Araújo negou pedidos de 3 países que buscavam julgar Gustav Wagner, foragido no Brasil.

Em 1978, durante o regime militar, o então procurador-geral da República, Henrique Fonseca de Araújo, dificultou a extradição de um nazista responsabilizado por 250 mil mortes entre 1942 e 1943.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG