Presidente moçambicano formaliza candidatura a um segundo mandato

O presidente de Moçambique e da Frelimo, Filipe Nyusi

O presidente de Moçambique e da Frelimo, Filipe Nyusi

  |  Jornal de Angola

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, entregou hoje no Conselho Constitucional, em Maputo, a candidatura a um segundo mandato pela Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), com vista às eleições gerais marcadas para 15 de outubro.

O chefe de Estado e presidente da Frelimo entregou a candidatura perante os juízes conselheiros do Conselho Constitucional, acompanhado pelo secretário-geral do partido, Roque Silva, e pela mandatária da candidatura, Verónica Macamo.

Foi também entregue a lista das assinaturas dos apoiantes, recolhida a nível nacional.

Filipe Nyusi foi o primeiro a formalizar a candidatura, enquanto o principal partido da oposição, a Resistência Nacional Moçambicana (Renamo), já anunciou que o seu líder, Ossufo Momade, também vai concorrer à presidência.

O terceiro partido, o Movimento Democrático de Moçambique (MDM), também já anunciou que vai candidatar o seu líder, Daviz Simango.

As eleições gerais (presidenciais, legislativas e provinciais) estão marcadas para 15 de outubro.

Nyusi apontou como prioridade da candidatura a luta contra a corrupção.

"A luta renhida contra a corrupção e todo o tipo de males que dificultam o crescimento de Moçambique vai continuar. Não temos outra hipótese", disse, num altura em que o seu partido enfrenta o caso das dívidas ocultas do Estado, um dos maiores casos de corrupção de sempre no país.

Na primeira e única entrevista do seu mandato, há três semanas, Filipe Nyusi escusou-se a esclarecer se recebeu parte do dinheiro (na altura era ministro da Defesa), alegando não querer "embaraçar o processo que está a correr ao nível da Justiça". Segundo o Presidente, "as coisas serão explicadas. O tempo é responsável".

Hoje, ao entregar a candidatura presidencial, Nyusi disse ter a responsabilidade de fazer crescer o país e pôr Moçambique nos níveis em que "merece estar".

Relacionadas

Exclusivos