Presidente eleito da RDC promete reconciliar o país

Constituição congolesa defende que o novo Presidente seja investido no prazo de 10 dias 

Constituição congolesa defende que o novo Presidente seja investido no prazo de 10 dias 

O Tribunal Constitucional congolês anunciou às cinco horas da manhã de ontem o indeferimento do recurso apresentado pelo candidato da oposição, Martin Fayulu, ao mesmo tempo que confirmava Félix Tshisekedi como quinto Chefe de Estado eleito da RDC.

"Proclamamos, por maioria simples, o senhor Félix Tshisekedi como novo Presidente da República", anunciou Benoit Lwamba Bintu, presidente do Tribunal Constitucional da RDC após uma prolongada reunião que se estendeu por mais de seis horas.

Leia mais em Jornal de Angola.

Relacionadas

Exclusivos