'Não sabia que o outro lado seria assim', diz diretor da USP sobre alunos armados

Quatro jovens aparecem armados em foto clicada em sala da FEA

Quatro jovens aparecem armados em foto clicada em sala da FEA

"A universidade, historicamente, sempre foi um ambiente de uma esquerda mais presente. O que a gente não sabia era que o outro lado [direita] viria a se manifestar assim". A análise é de Fábio Frezatti, diretor da FEA (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade), da Universidade de São Paulo.

Uma das faculdades de maior prestígio da USP, a FEA entrou no centro de uma polêmica nesta segunda-feira (29), após a divulgação de uma fotografia clicada em uma sala da instituição que mostra quatro rapazes com armas, cartazes de ódio às mulheres e simpatia à campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos