Mandato de von der Leyen? "É problema dela, não meu", diz Juncker

Jean-Claude Juncker cumprimenta Ursula von der Leyen, sua sucessora, na presidência da Comissão Europeia

Jean-Claude Juncker cumprimenta Ursula von der Leyen, sua sucessora, na presidência da Comissão Europeia

  |  EPA/STEPHANIE LECOCQ

Respondendo a uma pergunta do DN sobre o que espera da sua sucessora na presidência da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker respondeu de forma lacónica e disse esperar que ela "cuide da Europa".

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, concluiu esta sexta-feira 148 cimeiras europeias, enquanto líder da instituição guardiã dos tratados "A última", afirmou Juncker, parecendo alhear-se da possibilidade de a União Europeia precisar de reunir os líderes, numa nova cimeira, no caso de o segundo projeto de acordo do Brexit chumbar no Parlamento britânico este sábado.

"Se isso acontecer, vamos encontrar-nos numa situação extremamente complicada", afirmou o presidente da Comissão Europeia, no final do Conselho Europeu, esta sexta-feira. Este pode não ser o último, ainda em outubro, no caso de uma rejeição em Westminster e de um pedido de extensão do Artigo 50.º por parte do Reino Unido, que teria de ser aprovado antes do final do mês, a tempo de evitar um No Deal Brexit.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG