Líder eleito de Macau promete "sentido de responsabilidade"

Ho Iat Seng, chefe do Executivo eleito de Macau

Ho Iat Seng, chefe do Executivo eleito de Macau

  |  Zhang Wei/CNS

O chefe do Executivo eleito de Macau, Ho Iat Seng, agradeceu esta quarta-feira a confiança nele depositada pelo Governo central, e expressou "profundo sentido de responsabilidade" em cumprir com as expectativas de Pequim e da população de Macau.

Ho, que foi hoje nomeado chefe do Executivo da Região Administrativa Especial de Macau pelo primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, em Zhongnanhai, comprometeu-se a implementar "sem reservas" a fórmula "um país, dois sistemas" e governar de acordo com a constituição chinesa e a Lei Básica de Macau.

Macau foi integrado na República Popular da China em 1999 sob a fórmula 'um país, dois sistemas', que garante que as políticas socialistas em vigor no resto da China não se aplicam em territórios que gozam de "um alto grau de autonomia", à exceção da Defesa e das Relações Externas, que são da competência exclusiva do Governo central chinês.

Exclusivos