Líder do Estado Islâmico terá sido morto em operação militar dos EUA na Síria

Abu Bakr al-Baghdadi

Abu Bakr al-Baghdadi

  |  Arquivo EPA/ Vídeo do Estado Islâmico

A Casa Branca não comenta a possível morte de Abu Bakr al-Baghdadi, no sábado à noite, mas Trump fará um "anúncio muito importante" ao final da manhã deste domingo.

Segundo vários meios de comunicação, que citam altos responsáveis norte-americanos, Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Estado Islâmico, de 48 anos, terá morrido numa operação militar dos EUA no nordeste da Síria.

A notícia foi avançada pela Newsweek e logo depois por jornais como o New York Times e o Washington Post. Segundo a CNN, estão em andamento testes para confirmar formalmente a morte do líder do grupo extremista islâmico, responsável por vários ataques fatais a nível internacional. Uma outra fonte citada pela ABC indicou que al-Baghdadi se suicidou, ao detonar um colete de explosivos. Várias fontes confirmam a existência de uma operação especial na Síria com objetivo de liquidar alguns líderes do Estado Islâmico.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Exclusivos