Juiz torna Haddad réu sob acusação de corrupção passiva e lavagem

Fernando Haddad, candidato derrotado à presidência do Brasil

Fernando Haddad, candidato derrotado à presidência do Brasil

  |  Reuters

Petista nega irregularidades e critica delação que originou ação

O ex-prefeito paulistano e candidato derrotado à Presidência Fernando Haddad (PT) se tornou réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em decorrência da delação do empreiteira Ricardo Pessoa, da UTC.

O juiz Leonardo Barreiros, da 5ª Vara Criminal da Barra Funda, na capital paulista, instaurou uma ação penal ao aceitar denúncia do Ministério Público de suposto pedido de R$ 3 milhões para quitar dívidas de campanha.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG