Reportagem reforça tese de que condenação foi ilegal, diz defesa de Lula

Ex-presidente brasileiro, Lula da Silva, à saída da prisão para o funeral do neto

Já força-tarefa contesta mensagens analisadas por Folha e Intercept que indicam que Lava Jato desconfiou de delator.

A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em nota que reportagem publicada neste domingo (30) pela Folha reforça a tese de que a condenação do ex-presidente foi construída de forma ilegítima e ilegal.

A reportagem "Lava Jato desconfiou de empreiteiro pivô da prisão de Lula, indicam mensagens" foi produzida a partir de mensagens privadas obtidas pelo site The Intercept Brasil e analisadas pela Folha e pelo site.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos