"Quem manda sou eu", diz Bolsonaro sobre criação de novas terras indígenas

O presidente Jair Bolsonaro, durante Marcha para Jesus, em São Paulo

Presidente reverteu decisão do Congresso e colocou demarcação de novo na Agricultura.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta quinta-feira em São Paulo que assume o bônus e ônus sobre o processo de demarcação de terras indígenas no país.

"Quem demarca terra indígena sou eu! Não é ministro. Quem manda sou eu. Nessa questão, entre tantas outras. Eu sou um presidente que assume ônus e bônus."

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos