Primeiro-ministro da Guiné-Bissau já entregou composição do governo ao Presidente

Aristides Gomes

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Aristides Gomes, já entregou ao Presidente do país, José Mário Vaz, a composição do futuro Governo, aguardando-se a sua nomeação, disse aos jornalistas fonte do gabinete do chefe do executivo.

"A orgânica foi submetida ao chefe de Estado e está a aguardar-se a possibilidade de ainda hoje ser emitido o decreto", disse Muniro Conte, conselheiro de imprensa do primeiro-ministro guineense.

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), que tem estado a mediar a crise política na Guiné-Bissau, pediu ao Presidente guineense para marcar eleições presidenciais e nomear o primeiro-ministro e o Governo até hoje.

José Mário Vaz cumpriu hoje cinco anos como Presidente da Guiné-Bissau, marcou as eleições presidenciais para 24 de novembro e nomeou no sábado Aristides Gomes primeiro-ministro.

"É verdade que a CEDEAO fixou o prazo de 23 de junho para o cumprimento de um roteiro. Estamos a aguardar, a expectativa é grande e pensamos ainda hoje ter um novo Governo", salientou Muniro Conte, precisando que o elenco governamental foi entregue cerca das 20:30 locais (21:30 em Lisboa).

Relacionadas

Exclusivos