Presidente moçambicano em visita de Estado a Portugal a partir de terça-feira

O presidente de Moçambique e da Frelimo, Filipe Nyusi

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, inicia na terça-feira uma visita de Estado a Portugal, a convite do seu homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou neste sábado a Presidência portuguesa.

Segundo a página da Presidência da República portuguesa na Internet, Nyusi é esperado terça-feira em Lisboa, com uma "importante delegação ministerial e também de deputados", sendo recebido com "honras militares na Praça do Império", antes de colocar uma coroa de flores no túmulo de Luís de Camões (Mosteiro dos Jerónimos), seguindo-se um encontro entre os dois chefes de Estado no Palácio de Belém.

O Presidente da República de Moçambique vai ser ainda recebido na Assembleia da República e o primeiro dia de visita termina com um jantar oficial no Palácio da Ajuda.

Segundo o programa detalhado da visita entretanto divulgado, já na quarta-feira, o presidente moçambicano vai ter um encontro a sós com António Costa às 11h30, no Palácio Foz, em Lisboa.

Na sexta-feira, último dia da visita de Estado, Filipe Nyusi é recebido na Câmara Municipal de Viseu, às 16:00.

Moçambique foi o destino eleito por Marcelo Rebelo de Sousa para a sua primeira visita de Estado ao estrangeiro, de quatro dias, em maio de 2016, depois da breve deslocação ao Vaticano para uma audiência com o Papa Francisco, logo a seguir a ter tomado posse.

A delegação moçambicana vai marcar presença num seminário empresarial e na cimeira Portugal-Moçambique, onde os governos dos dois países têm prevista a assinatura de acordos para reforçar as relações bilaterais em diversas áreas.

Quinta-feira, Marcelo Rebelo de Sousa e o seu homólogo moçambicano participam no Fórum Euro-África, organizado pelo Conselho da Diáspora, em Cascais, "num painel dedicado ao tema da reconstrução, no contexto da catástrofe dos ciclones Idai e Kenneth".

Relacionadas

Exclusivos