Portugal admite enviar mais médicos para a Venezuela

José Luís Carneiro está de visita ao território venezuelano, na sequência das comemorações do 10 de Junho

A situação do país está a ter impactos indesejáveis na saúde dos portugueses, como a hipertensão e diabetes.

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas admite a possibilidade de reforçar a equipa de médicos portugueses na Venezuela. A esta altura, encontram-se no país quatro médicos portugueses e lusodescendentes.

José Luís Carneiro, de visita ao território venezuelano, na sequência das comemorações do 10 de Junho, já visitou os consultórios desta rede médica portuguesa, e contou à TSF que as dificuldades dos cidadãos de origem portuguesa acentuaram-se nos últimos tempos, "tanto ao nível das condições médicas como alimentares".

Leia mais em TSF

Relacionadas

Exclusivos