Piloto português vai ser libertado. "Foi um erro", dizem líbios

O português faria parte de uma missão de vigilância de migrantes ilegais no Mediterrâneo. O Exército Nacional Líbio garante que o vai libertar.

"Vamos entregar o piloto português ao seu país imediatamente depois de ser tratado aos seus ferimentos. Nós apreciamos o trabalho dos irmãos europeus na luta contra a imigração ilegal", disse um porta-voz do movimento militar, citado pela televisão saudita Al Arabiya. O cidadão luso faria parte da Operação Sofia, de vigilância de rotas de migrantes ilegais no Mediterrâneo.

"Preocupamo-nos com a segurança do piloto português e tratamo-lo como um convidado e não como um prisioneiro. O que aconteceu foi um erro em resultado do estado de guerra em que vivemos e vamos entregá-lo à operação europeia Sophia de imediato", disse Ahmed Mismari.

Leia mais em Jornal de Notícias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Exclusivos