Parlamentar dinamarquesa é expulsa da Câmara por levar filha bebê

Mette Abildgaard com o filho

Ordem de retirada partiu da primeira mulher a ser presidente do Parlamento dinamarquês.

Um século de avanços para mulheres na Dinamarca foi posto em debate nesta semana quando uma parlamentar disse a uma colega que não havia lugar para o bebê dela no Parlamento.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Exclusivos