Premium 90 empresários e vários ministros acompanham João Lourenço a Portugal

A delegação integra também o bispo de Benguela.

Delegação que acompanha o presidente João Lourenço é composta por vários ministros, um bispo e representantes de empresas de diversos setores de atividade. Eis alguns dos nomes que estão em Lisboa.

Manuel Augusto

Na carreira diplomática desde 1981, o atual ministro das Relações Exteriores de Angola, foi o primeiro embaixador do seu país na África do Sul, em 1992, após o fim do regime do apartheid. Anteriormente estivera colocado na Nigéria. Licenciado em Direito, dirigiu ainda missão diplomática angolana na Zâmbia, onde contribuiu para o elevar das relações existentes entre os dois países. De regresso a Luanda, foi vice-ministro para a Comunicação Social. Foi ainda representante permanente de Angola junto da União Africana, antes de assumir o lugar de secretário de Estado das Relações Exteriores, cargo que desempenhou até setembro de 2017. É desde então responsável pela diplomacia de Luanda.

Marcos Nhunga

Ministro da Agricultura desde setembro de 2016, é licenciado em engenharia agrícola, tendo-se especializado em questões rurais pela Universidade de Wageningen, na Holanda. Anteriormente, fora diretor-geral adjunto para área técnica do Ministério e desempenhara várias funções a nível central e provincial.

Archer Mangueira

Ministro das Finanças desde setembro de 2016, é licenciado pela Escola Superior de Economia Bruno Leuschner, de Berlim. Era desde 2012 presidente da Comissão do Mercado de Capitais. A partir de 1979, foi docente da Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto e assessor económico do PR, coordenador do grupo técnico do Conselho de Ministros.

Carlos Alberto Saraiva de Carvalho Fonseca

Embaixador de Angola em Portugal desde julho de 2018, é diplomata de carreira desde 1983. Entre outras funções, foi secretário para os Assuntos Diplomáticos e Cooperação Internacional durante a presidência de José Eduardo dos Santos.

Licínio Vaz Contreiras

Presidente da Agência de Investimento e Promoção das Exportações desde março de 2018. É licenciado em Economia pela Universidade Agostinho Neto, foi quadro do Ministério da Indústria, do Ministério da Economia e do Banco Nacional de Angola

Manuel Sumbula

Presidente à Associação das Indústrias de Bebidas de Angola desde 2014. É licenciado em Economia e Gestão pela Universidade Tshwanwe, de Pretória, na África do Sul, e fez um mestrado em Gestão de Empresas na Universidade Católica, em Lisboa. Administrador executivo da Coca Cola-Angola. Foi quadro da Direção Nacional de Alfândegas e do Banco Angolano de Negócios e Comércio.

D. António Francisco Jaca

Bispo de Benguela desde março de 2018, estudou no seminário do Sagrado Coração de Jesus, em Luanda, e fez votos em 1990 em Kinshasa, na RDCongo. Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade de Saint Paul, em Otava. Foi diretor da Rádio Ecclesia. É superior provincial dos Verbitas desde 2002 e antes de ocupar a diocese de Benguela, foi o primeiro bispo da diocese de Caxito.

João Caetano da Silva

Licenciado em Direito, é embaixador de Portugal em Angola desde fevereiro de 2016. Anteriormente esteve colocado também como embaixador no México.

Agostinho Capaia

Preside à Comunidade das Empresas Exportadoras e Internacionalizadas de Angola (CEEIA), associação que apoia a promoção de negócios no exterior com programas de financiamentos e linhas de crédito.

Carlos Cunha

Dirigente da Associação de Empresas de Comércio e Distribuição Moderna de Angola (ECODIMA), entidade que representa empresas da área de serviços, comércio, farmácia e outros, articulando com o executivo a formulação de políticas e controlo de qualidade para os diferentes setores.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Exclusivos