May quer uma nova extensão curta do Brexit e negociar com Corbyn

Theresa May

Após ter estado reunida com os membros do governo durante mais de sete horas, a primeira-ministra fez uma declaração a partir de Downing Street. A ideia de May é garantir que o Brexit não será a 12 de abril e conseguir uma solução junto com o líder da oposição.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, anunciou que vai pedir uma nova extensão "o mais curta possível" do artigo 50 do Tratado de Lisboa e consequentemente do Brexit para ter tempo de se reunir com o líder da oposição, Jeremy Corbyn. A ideia é encontrar um acordo que possa ser aprovado pelos deputados e ter a luz verde dos restantes líderes europeus. O líder do Labour já reagiu, dizendo estar "muito feliz" por se reunir com May.

"Sair com um acordo é a melhor solução", defendeu, lembrando que sempre deixou claro que era possível tornar um Brexit sem acordo "num sucesso de longo prazo". A primeira-ministra admite que muitos "estão fartos" e gostariam de "sair sem um acordo na próxima semana".

Leia mais em Diário de Notícias.

Relacionadas

Exclusivos