Kou Hoi In pode ser alternativa a Chui Sai Cheong para presidência

A corrida à sucessão de Ho Iat Seng na presidência da Assembleia Legislativa de Macau (AL) está prestes a começar e surgem dois nomes como potenciais candidatos. Além daquela que é vista como uma escolha natural, o vice-presidente da AL, Chui Sai Cheong, fontes revelaram ao PLATAFORMA que há movimentações para que o primeiro secretário da Mesa da AL, Kou Hoi In, surja como alternativa.

Ho Iat Seng anunciou hoje que vai renunciar ao cargo, para, de seguida, formalizar a candidatura a Chefe do Executivo. De acordo com o regimento da AL, os deputados têm agora depois quinze dias para eleger o novo presidente.

O PLATAFORMA apurou que Kou Hoi In surge como um nome forte na medida em que existem reticências face ao cenário de, durante cinco meses, os dois principias lugares políticos da Região Administrativa Especial serem ocupados por dois irmãos: Chui Sai On como Chefe do Executivo - até 20 de dezembro - e Chui Sai Cheong como presidente da AL. Estão previstas duas idas do Chefe do Exectivo à AL para sessões de perguntas e respostas até ao final do mandato: em agosto e em novembro.

Instado a comentar este cenário, Eilo Yu, professor de ciência política na Universidade de Macau (UM), salienta que "apesar de Chui Sai Cheong ser visto como favorito, a relação pessoal e familiar com o irmão, Chefe do Executivo, vai prejudicar a imagem de Macau, pelo que os deputados poderão olhar para outros legisladores mais experientes como alternativas". Nessa lista Kou Hoi In surge à cabeça por ser o mais experiente, sendo, na verdade, o deputado mais antigo em exercício - aos 66 anos está na AL desde 1991, ao passo que Chui Sai Cheong, um ano mais novo, é deputado desde 1999. Os dois são eleitos pela via indireta - Kou pelos interesses empresariais; Chui pelo setor profissional.

As fontes contactadas pelo PLATAFORMA salientam também que o facto de Kou Hoi In ser deputado à Assembleia Popular Nacional e presidente da Direção da Associação Comercial de Macau joga a seu favor. Já a circunstância de Chui Sai Cheong, - que também ocupa vários lugares de destaque ao nível associativo - ser também membro do Conselho de Magistrados do Ministério Público tem suscitado, por parte de comentadores e do deputado Pereira Coutinho, questões de potencial incompatibilidade caso seja eleito para a presidência da AL.

A perspetiva de campo aberto para a sucessão de Ho Iat Seng já tinha sido avançada em meados de junho pelo deputado nomeado Wu Chou Kit quando afirmou aos jornalistas que há outras hipóteses. "Chui Sai Cheong é um deles, mas talvez outro deputado experiente também tenha chances de ocupar o lugar", afirmou.

Relacionadas

Exclusivos