João Lourenço muda embaixadores de Angola em 12 países

O presidente João Lourenço

Presidente de Angola deu por finda a missão de 13 embaixadores. Substituiu 12, deixando em aberto a vaga da representação em Itália.

De acordo com uma nota da Casa Civil do Presidente da República a que a Angop teve acesso foram exonerados os embaixadores Albino Malungo (Coreia), José Andrade de Lemos (Emirados Árabes Unidos), Feliciano António dos Santos (Israel), Nelson Manuel Cosme (Brasil), Alberto Correia Neto (Alemanha) e Alberto do Carmo Bento Ribeiro (Reino dos Países Baixos).

Foram ainda exonerados os embaixadores Gilberto Buta Lutucuta (Guiné Equatorial), Pedro Hendrick Vaal Neto (Zimbabwe), João Manuel Bernardo (Vietname), Balbina Malheiros Dias da Silva (Zâmbia), Manuel Alexandre Duarte Rodrigues (Namíbia), Agostinho Tavares da Silva Neto (Estados Unidos da América) e Florêncio Mariano da Conceição e Almeida (Itália).

Noutro decreto, o Presidente nomeou os embaixadores Edgar Augusto Brandão Gaspar Martins (Coreia), Albino Malungo (Emiratos Árabes Unidos), Osvaldo dos Santos Varela (Israel), Florêncio Mariano da Conceição e Almeida (Brasil), Balbina Malheiros Dias da Silva (Alemanha), Maria Isabel Gomes Godinho de Resende Encoge (Reino dos Países Baixos), António Manuel Luvualu de Carvalho (Guiné Equatorial) e Agostinho Tavares da Silva Neto (Zimbabwe).

De igual modo, foram também nomeados Agostinho André de Carvalho Fernandes (Vietname), Azevedo Xavier Francisco (Zâmbia), Jovelina Alfredo António Imperial da Costa (Namíbia) e Joaquim do Espírito Santo (Estados Unidos da América).

Fica por esclarecer se a representação angolana em Itália é extinta ou se aguarda a nomeação de um novo embaixador para susbtituir o agora exonerado Florêncio Mariano da Conceição e Almeida.

Relacionadas

Exclusivos