General Zé Maria começou a ser ouvido em tribunal

O advogado do general António José Maria, Sérgio Raimundo, negou as acusações que pesam sobre o seu constituinte, designadamente de extravio de documentos que contêm informações de carácter militar e de insubordinação por não ter acatado supostas ordens de um superior hierárquico.

No primeiro dia do jul-gamento do ex-chefe do Ser-viço de Inteligência e Segurança Militar (SISM), Sérgio Raimundo respondeu à acusação com diversos argumentos. Para o causídico, o militar "não perdeu, nem extraviou documentos" sobre os combates no Cuito Cuanavale e não se coloca a questão de se saber se aquele material "contém ou não informações de carácter militar que se constituem segredo militar", disse Sérgio Raimundo.

Leia mais em Jornal de Angola

Relacionadas

Exclusivos