Frelimo quer expulsar filho de Samora Machel do partido

Samora Machel Júnior

A Frelimo levantou um processo disciplinar a Samora Moisés Machel Júnior depois de este ter concorrido à eleições autárquicas como cabeça de listo do grupo cívico AJUDEM.

O filho de Samora Machel pode vir a ser expulso da Frelimo na sequência do processo disciplinar que o partido lhe levantou depois de em outubro ter concorrido às eleições autárquicas moçambicanas como cabeça de lista do grupo cívico AJUDEM.

Samora Moisés Machel Júnior confirmou ao Carta de Moçambique que foi notificado pelo Comité de Verificação da Frelimo para uma audiência que se deveria ter realizado na última quinta-feira, 7 de fevereiro, à qual não compareceu por estar ausente do país.

O processo disciplinar de que é alvo Samito Machel, como é conhecido o filho do antigo Presidente da República de Moçambique, pode resultar na sua expulsão do partido na próxima sessão do Comité Central, em março.

Samito Michel fora afastado do processo eleitoral interno, situação que, defende, foi uma flagrante violação dos estatutos do partido. Uma exclusão que nunca lhe foi explicada e que o levou a aceitar ser cabeça de lista do AJUDEM.

Relacionadas

Exclusivos