Estado de emergência nos EUA? "Diria quase que sim", ameaça Trump

Presidente norte-americano volta a levantar a possibilidade de declarar uma emergência nacional para ativar poderes extraordinários. A medida permitiria financiar a construção do muro, mas iria desencadear um confronto político e judicial inédito.

"Eu tenho o direito absoluto de declarar uma emergência nacional", disse Trump aos jornalistas na Casa Branca. "Não estou preparado para fazer isso ainda, mas se for preciso, farei. Diria quase que sim."

A declaração contornaria os poderes do Congresso, dando a Trump a capacidade de alocar fundos do Departamento de Defesa para a construção do muro. Mas seria certo que os democratas iriam tentar bloquear essa decisão através de recursos para a Justiça e abriria espaço a que a paralisação terminasse.

Trump exige 5,7 mil milhões de dólares (5 mil milhões de euros) para construir o muro, a única forma, alega, para acabar com a imigração ilegal, o tráfico de drogas e a entrada de terroristas. Mas a Câmara dos Representantes, agora em maioria democrata, mas também durante a maioria republicana, negou financiar o projeto, cujo custo total poderia ascender a 25 mil milhões de dólares.

Leia mais em Diário de Notícias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Exclusivos