Em vídeo, Eduardo Bolsonaro exalta as suas qualidades de embaixador

No meio da polémica sobre a sua possível nomeação como embaixador do Brasil nos EUA, o filho do presidente Jair Bolsonaro publicou um vídeo nas redes sociais desfiando as suas qualidades para o cargo.

Durante sete minutos, Eduardo Bolsonaro mostra as suas "credenciais" para o cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos num vídeo publicado nas redes sociais.

Sem falar em fritar hamburgueres, Eduardo Bolsonaro lembra todas as suas viagens aos Estados Unidos, não só em lazer mas como parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro, e os seus encontros ao mais alto nível em território norte-americano.

Um dos trunfos que apresenta ao longo do vídeo é o elogio público que recebeu do presidente Donald Trump durante um evento na Casa Branca, em Washington: "Não tô aqui querendo me gabar, mas desconheço brasileiro que tenha tido tamanha honra de receber esse elogio da pessoa mais poderosa do mundo", afirma, após mostrar imagens de Trump dizendo publicamente que ele tem feito um "trabalho fantástico".

Reações à possível nomeeação

Entre acusações de nepotismo e autoritarismo, a possível nomeação de Eduardo Bolsonaro para embaixador levou já o deputado federal do PT Jorge Sorolla a interpor uma ação judicial para impedir a nomeação.

"Entramos com uma ação na Justiça Federal para impedir que Eduardo Bolsonaro seja nomeado pelo seu pai, o presidente, para o cargo de embaixador do Brasil nos EUA. Além de um evidente caso de nepotismo, é também uma afronta à Constituição. Ele mesmo diz, seus predicados para o cargo são fritar hambúrguer e falar inglês!", anunciou o deputado no seu Facebook.

Se por parte do Itamaraty o ministro Ernesto Araújo vê com bons olhos esta nomeação, há vozes discordantes dentro do próprio partido de Jair Bolsonaro. É o caso da deputada Janaína Paschoal que, nas redes sociais, defendeu que Eduardo Bolsonaro recuse o convite para assumir a embaixada do Brasil em Washington.

"Será certo o Deputado Federal mais votado abandonar o mandato, para ir para os Estados Unidos? Onde Eduardo Bolsonaro é mais útil para a nação? (...) Eduardo tem muito a fazer na Câmara e na Presidência Estadual do PSL. Sei que o convite é muito tentador. Mas o certo é recusar. Ele assumiu responsabilidades no Brasil. Precisa cumprir. Basta agradecer a deferência e declinar", escreveu a deputada.

Relacionadas

Exclusivos