Comissão do Senado brasileiro aprova projetos que anulam decreto de porte de armas

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado brasileiro aprovou esta quarta-feira sete projetos que anulam um decreto do Presidente do país, Jair Bolsonaro, que flexibiliza o porte de armas no Brasil, segundo fontes oficiais.

De acordo com informações divulgadas na página na internet do Senado, foi ainda feito um requerimento de urgência para que as propostas sejam apreciadas ainda durante esta quarta-feira no plenário do Senado.

O regulamento, assinado em maio pelo chefe de Estado brasileiro, concede porte de arma a várias categorias profissionais e aumenta de 50 para mil o número de munições que o proprietário de armas de fogos pode comprar anualmente.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Exclusivos