China imporá sanções contra companhias dos EUA envolvidas nas vendas de armas a Taiwan

Donald Trump reuniu-se com Xi Jinping durante a cimeira do G20 para debater diversas questões, nomeadamente a questão da guerra comercial

A China imporá sanções a empresas dos Estados Unidos envolvidas em venda de armas de 2,2 mil milhões de dólares para Taiwan

"As vendas de armas para Taiwan pelos Estados Unidos constituem uma séria violação das normas fundamentais do direito internacional e das relações internacionais", disse Geng Shuang, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, em comunicado, sem especificar a natureza das sanções.

Geng fez a declaração depois de os Estados Unidos terem anunciado um plano de vender 2,2 mil milhões de dólares (1,9 mil milhões de euros) em armas para Taiwan, ilha que é reivindicada por Pequim como parte do seu território.

Relacionadas

Exclusivos