Câmara aprova tempo de contribuição mínimo de 15 anos para homens

Continuação da votação da Reforma da Previdência no plenário da Câmara dos deputados, nesta quinta (11)

A proposta original, enviada por Bolsonaro, previa 20 anos de tempo mínimo de contribuição

A Câmara decidiu, por 445 votos a 15, que homens, mesmo após a reforma da Previdência, podem se aposentar ao cumprir o tempo mínimo de contribuição de 15 anos.

A proposta original, enviada pelo presidente Jair Bolsonaro, previa 20 anos de tempo mínimo de contribuição para homens.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Relacionadas

Exclusivos