Cabo Verde quer vistos facilitados na CPLP

A ideia foi defendida por Jorge Santos, presidente do Parlamento cabo verdiano, na presidência da assembleia parlamentar da organização (AP-CPLP)

O presidente da Assembleia Nacional de Cabo Verde, Jorge Santos, defendeu medidas de facilitação dos vistos de entrada, saída e permanência para os cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), no seu espaço territorial.

Jorge Santos, que falava durante a sua primeira intervenção após ter assumido a presidência da Assembleia Parlamentar da organização (AP-CPLP), defendeu um conjunto de medidas para alcançar este objetivo, como "facilitar condições de investimento e de circulação de capital, privilegiando áreas como os transportes, as comunicações e as novas tecnologias".

"Cabo Verde propõe que, para começar a transformar a CPLP numa comunidade de pessoas, elejamos a mobilidade como o primeiro obstáculo a ser ultrapassado", referiu, durante a sua intervenção na VIII AP-CPLP, na capital de Cabo Verde, cidade da Praia.

O responsável adiantou ter a consciência de que "a integração regional dos Estados-membros da CPLP, em relação a outros espaços e a outros interesses, condicionam a implementação imediata dessas medidas", disse.

Relacionadas

Exclusivos