Historiador revê séculos de impasses comerciais entre China e Ocidente

Donald Trump e Xi Jinping em encontro durante o G20, no Japão

Donald Trump e Xi Jinping em encontro durante o G20, no Japão

  |  Brendan Smialowski/AFP

Novo livro de Timothy Brook expõe as origens do autoritarismo chinês e traça paralelos das ações atuais com o passado do país.

Dizem que a história não se repete, mas ela muitas vezes rima. A história do relacionamento entre a China e os estrangeiros nos últimos oito séculos está tão repleta de rimas, reiterações e assonâncias que a cadência de seu engajamento com o mundo externo parece mal ter mudado.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG