Grupo de Lima planeja incluir Cuba na busca por saída para crise na Venezuela

Reunião do Grupo de Lima sobre a crise na Venezuela, em 3 de maio de 2019

Reunião do Grupo de Lima sobre a crise na Venezuela, em 3 de maio de 2019

O Grupo de Lima decidiu nesta sexta-feira convidar Cuba e o Grupo de Contato Internacional (GCI) para participarem de maneira conjunta de uma solução para a crise política na Venezuela, após uma reunião de emergência do bloco celebrada na sede do Ministério de Relações Exteriores do Peru.

"Os países do Grupo de Lima decidiram fazer as gestões necessárias para que Cuba participe da busca de uma solução para a crise na Venezuela", disse o chanceler peruano, Néstor Popolizio, ao ler um comunicado sobre os acordos fechados durante a reunião.

Igualmente "decidiu propor ao Grupo de Contato Internacional uma urgente reunião de representantes de ambos os grupos para buscar a convergência no propósito comum de alcançar o retorno da democracia na Venezuela".

Leia mais em ISTOÉ

Relacionadas

Exclusivos