"Foi descuido meu", diz sobre mensagem com pistas contra Lula

Brazil's Justice minister Sergio Moro attends a news conference during Estoril Conferences meeting in

Brazil's Justice minister Sergio Moro attends a news conference during Estoril Conferences meeting in Estoril, Portugal May 28, 2019. REUTERS/Rafael Marchante

As informações enviadas não foram formalizadas nos autos do inquérito, como prevê a lei.

O ministro Sergio Moro (Justiça) afirmou nesta sexta-feira (14) que foi um "descuido" repassar pistas de apuração contra o ex-presidente Lula por um aplicativo de mensagens ao procurador Deltan Dallagnol. As informações enviadas não foram formalizadas nos autos do inquérito, como prevê a lei.

Mensagens atribuídas ao ex-juiz e ao procurador, divulgadas no domingo (9) pelo site The Intercept Brasil, mostram que os dois trocavam colaborações quando integravam a força-tarefa da Operação Lava Jato.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Exclusivos