Premium Filho do Presidente brasileiro defende muro na fronteira dos EUA com o México

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, do PSL

O deputado federal Eduardo Bolsonaro, do PSL

  |  Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O deputado estadual Eduardo Bolsonaro, filho do Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu a construção de um muro na fronteira dos Estados Unidos com o México, durante um evento num "resort" do Presidente norte-americano, Donald Trump.

Segundo a imprensa brasileira, o evento no qual Eduardo Boldonaro teve oportunidade de discursar decorreu no Estado da Flórida e foi organizado por Toni Kramer, fundadora de um grupo de apoio a Trump.

Num vídeo partilhado pelo próprio filho do chefe de Estado do Brasil nas suas redes sociais, o deputado estadual admite apoiar a ideia da construção de muro desde a campanha eleitoral de Trump, em 2016.

O político, que é também advogado, diz que em 2016 estava no México, de férias, quando foi questionado acerca de quem deveria vencer a eleição norte-americana, se Hillary Clinton ou Donald Trump. Eduado Bolsonaro respondeu que votaria em Trump.

"Eu não vou para os Estados Unidos ilegalmente. Como trabalhei na fronteira entre o Brasil e a Bolívia, sei como as coisas funcionam. Então, construam o muro. Nós, brasileiros, estamos a apoiar-vos", afirmou.

Toni Kramer aproveitou ainda a introdução a Eduardo Bolsoanro para tecer vários elogios a Jair Bolsonaro, afirmando que se trata de um homem que "vai mudar o mundo".

"O Brasil passou por uma grande mudança recentemente. Antes, como todos sabem, o Brasil era muito socialista, muito de esquerda e muito malsucedido", afirmou a anfitriã.

"As pessoas, os políticos só olhavam para si mesmos, a economia estava mal, as pessoas estavam muito mal, e agora [tudo mudou], graças a esse homem maravilhoso, Jair Bolsonaro, o 38.º Presidente do Brasil. Um grande aplauso, porque esse homem vai mudar o mundo", declarou

O muro na fronteira com o México é alvo de controvérsia nos Estados Unidos.

Durante a campanha eleitoral de 2016, o atual Presidente norte-americano prometeu que o país vizinho pagaria pela construção da estrutura.

Jair Bolsonaro foi apelidado de "Donald Trump brasileiro" e de "Trump Tropical" durante a campanha eleitoral de 2018, devido à sua confessada admiração pelo líder norte-americano.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG