Fernando Haddad condenado a quatro anos e meio de prisão

Fernando Haddad

Fernando Haddad

  |  EPA/Hedeson Alves

Haddad foi o nome do Partido dos Trabalhadores para as presidenciais após Lula da Silva ter sido impedido de concorrer por estar preso.

O ex-prefeito de São Paulo e antigo candidato às presidenciais brasileiras Fernando Haddad foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, por recursos financeiros não declarados durante a eleição municipal de 2012.

O ex-prefeito foi condenado por alegado crime de "caixa dois" - expressão que se refere a recursos financeiros não contabilizados e não declarados aos órgãos de fiscalização - de 2,6 milhões de reais (cerca de 580 mil euros) da empreiteira UTC Engenharia.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG