Em Berlim, Jean Wyllys diz que recusou asilo político da França e quer ficar na Alemanha

O ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), que decidiu deixar o país depois de ter recebido ameaças

O ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ), que decidiu deixar o país depois de ter recebido ameaças de morte

  |  Mauro Pimentel/AFP

Ex-deputado vê atual política de segurança do governo Bolsonaro como um primeiro passo para reprimir oposição.

Em entrevista coletiva em Berlim, nesta segunda-feira (18), o ex-deputado federal do PSOL Jean Wyllys revelou que está morando na capital alemã, onde pretende procurar uma bolsa para doutorado. Ele disse que está vivendo com ajuda de amigos e não tem onde morar.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG