Dono da Havan diz que não banca campanha anti-PT pelo WhatsApp e fala em processar a Folha

Folhapress

Folhapress

  |  Luciano Hang, dono da Havan

Hang nega ter comprado pacotes de disparos de mensagens contra o PT, como revelou reportagem

Em transmissão ao vivo em seus perfis nas redes sociais, o empresário Luciano Hang, dono da Havan, refutou reportagem da Folha e disse que não comprou pacotes de disparos em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp. A reportagem, publicada nesta quinta-feira (18), apurou que cada contrato chega a R$ 12 milhões e, entre as empresas compradoras, está a Havan. Os contratos são para disparos de centenas de milhões de mensagens.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG