Devin Nunes está disposto a tudo para ilibar Trump no caso da ingerência russa nas eleições

Devin Nunes

Devin Nunes

  |  Arquivo EPA/MICHAEL REYNOLDS

Reveladas gravações de uma conversa privada que mostram como congressista luso-descendente está comprometido na defesa ao presidente norte-americano

Os republicanos devem manter a maioria na Câmara dos Representantes - só assim, acredita o congressista Devin Nunes, da Califórnia, será possível salvar o Presidente Donald Trump na investigação da alegada interferência russa nas últimas eleições americanas.

Ele não o diz assim publicamente mas a MSNBC divulgou a gravação de uma conversa privada, tida numa reunião financiadores do Partido Republicano, em Washington, em que é possível ouvir o representante republicano Devin Nunes a declarar: "Se Jeff Sessions não retirar a sua recusa e se Mueller não ilibar o Presidente, seremos os únicos [que podem fazer algo] e isso é um grande risco". E conclui: "Temos de manter a maioria na Câmara dos Representantes [nas eleições em novembro]. Temos de manter todos os lugares".

Leia mais em: Diário de Notícias

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG