Chile acorda referendo em 2020 para rever Constituição herdada da ditadura de Pinochet

A coligação governamental e a oposição acordaram a realização de um referendo em abril de 2020 para rever a Constituição herdada da ditadura de Pinochet

Anunciou o presidente do Senado, Jaime Quintana. Após várias horas de negociações no parlamento, a coligação governamental e os principais partidos da oposição assinaram um acordo de paz e uma nova Constituição, que prevê um referendo com duas perguntas. A primeira incide sobre a revisão ou não do texto fundamental e a segunda, caso a primeira seja aprovada, sobre o método de elaboração da mesma, explicou Jaime Quintana.

Esta segunda pergunta servirá para determinar que órgão será responsável pela redação do novo texto, uma "comissão constitucional conjunta" ou uma "convenção ou assembleia constituinte".

Leia mais em Diário de Notícias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG