Brexit. Londres vai mesmo pedir adiamento se não houver acordo até sábado

Steve Barclay, secretário de Estado britânico para o Brexit

Steve Barclay, secretário de Estado britânico para o Brexit

  |  REUTERS/Henry Nicholls

O governo britânico pretende cumprir a lei e pedir um adiamento da saída do Reino Unido da União Europeia (UE) se não conseguir alcançar um acordo até sábado, confirmou o ministro para o 'Brexit'.

"O governo vai cumprir a lei e com os compromissos dados ao tribunal em relação à lei", afirmou esta quarta-feira Steve Barclay perante a comissão parlamentar sobre a saída da UE.

Oficialmente designada por Lei de Saída da UE (n.° 2), mas batizada com o nome do deputado trabalhista e primeiro signatário do texto, Hilary Benn, a legislação obriga Boris Johnson a pedir um adiamento por mais três meses, até 31 de janeiro, se não for alcançado um acordo nem autorizada uma saída sem acordo até 19 de outubro.

Leia mais em Diário de Notícias

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG