Brasil pode perder direito a voto na ONU se não pagar R$ 530 milhões neste ano

O presidente Jair Bolsonaro, ao discursar na Assembleia-Geral da ONU, em setembro - Drew Angerer

O presidente Jair Bolsonaro, ao discursar na Assembleia-Geral da ONU, em setembro - Drew Angerer

  |  Drew Angerer - 24.set.2019/AFP

País não deu sua contribuição para o orçamento da entidade, que financia várias iniciativas pelo mundo

O Brasil poderá perder pela primeira vez o direito a voto na Organização das Nações Unidas (ONU) se não pagar à entidade ainda neste ano cerca de 126,6 milhões de dólares, ou 530 milhões de reais pelo câmbio atual, alertou a equipe técnica do Ministério da Economia.

Em documento interno, o secretário de Assuntos Econômicos Internacionais, Erivaldo Gomes, chamou atenção para a necessidade de pagamento à ONU, destacando que o Brasil é o segundo maior devedor da organização.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG