Brasil estuda alargamento do visto electrónico a cidadãos da China

Brasil estuda alargamento do visto electrónico a cidadãos da China

DR

O Governo do Brasil vai criar uma comissão envolvendo os ministérios do Turismo e das Relações Exteriores para avançar o mais depressa possível com o alargamento do visto electrónico a cidadãos da República Popular da China, disse segunda-feira em Macau o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro António.

O ministro, que se deslocou a Macau para participar no Fórum de Economia de Turismo Global (GTEF) • Macau 2019, em que o seu país é um dos parceiros desta edição, disse ainda que a referida comissão, a ser constituída ao abrigo de uma portaria interministerial, deverá ter os seus trabalhos concluídos dentro de 30 a 40 dias.

Marcelo Álvaro António referiu-se a outras opções que estão a ser estudadas no sentido de aumentar o número de turistas chinesas que demandam o Brasil, como sejam a possibilidade de isentar de vistos de entrada os cidadãos chineses que já tenham visto tanto para a União Europeia, como para os Estados Unidos da América ou para a Argentina.

Leia mais em MacauHub.

Relacionadas

Exclusivos