Bolsonaro desautoriza filho e diz que Eduardo 'está sonhando' sobre AI-5

Bolsonaro desautoriza filho e diz que Eduardo 'está sonhando' sobre AI-5

DR

'Cobrem dele', afirmou o presidente após deputado citar ato da ditadura como possível resposta 'se a esquerda radicalizar'.

Após repercussão negativa, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) desautorizou nesta quinta-feira (31) declaração do seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) de que caso a esquerda se radicalize, uma resposta pode ser um novo AI-5.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG