Australiano desparecido na China foi detido por "ameaçar a segurança nacional"

Yang Hengjun, author and former Chinese diplomat, who is now an Australian citizen, display a name tag

Yang Hengjun, author and former Chinese diplomat, who is now an Australian citizen, display a name tag in an unspecified location in Tibet, China, mid-July, 2014 in this social media image obtained by REUTERS

ATTENTION EDITORS - THIS IMAGE WAS PROVIDED BY A THIRD PARTY. NO RESALES. NO ARCHIVES.

  |  REUTERS

Um australiano de origem chinesa que foi detido esta semana na China é suspeito de "atividades criminosas" que "ameaçam a segurança nacional", revelou hoje o ministério chinês dos Negócios Estrangeiros.

O escritor e comentador Yang Hengjun, que serviu como diplomata da China, antes de se naturalizar cidadão australiano, e que é crítico do Partido Comunista Chinês, foi preso por agentes da Segurança do Estado, confirmou a porta-voz do ministério, Hua Chunying.

A Austrália exigiu já que o escritor fosse tratado de forma "justa e transparente".

Relacionadas

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG