Alinhada a Bolsonaro, Petrobras revê patrocínios e deve se afastar da cultura

Alinhada a Bolsonaro, Petrobras revê patrocínios e deve se afastar da cultura

Presidente afirma em rede social que arte 'não deve estar a cargo de uma petrolífera estatal'.

A direção da Petrobras está avaliando se rompe contratos de patrocínio cultural firmados nos governos anteriores. A decisão seguiria novas diretrizes do governo Bolsonaro, que criticou o financiamento estatal da cultural nesta quinta (7) em sua conta Twitter.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Relacionadas

Exclusivos