Investimento de 230 milhões de dólares vai criar 7000 postos de trabalho

Desenvolvimento da agricultura é uma das prioridades do executivo liderado por João Lourenço

O Projecto de Desenvolvimento da Agricultura Comercial lançado na quarta-feira, 5 de dezembro, em Luanda, pelo Ministério da Agricultura e Florestas, vai criar 150 empresas de média dimensão e sete mil empregos directos, 2.500 dos quais reservados a mulheres, anunciou o secretário de Estado da Agricultura e Florestas, Carlos Alberto Jaime.

O responsável, que intervinha na cerimónia de lançamento, informou que o projecto, orçado em 230 milhões de dólares, prevê a concessão de créditos no valor de 100 mil dólares para cada empresa.

Previsto para ser executado em seis anos, segundo o cronograma de implementação do projecto, a primeira fase está avaliada em 55 milhões de dólares e compreende, entre outras acções, estudos de mercado, divulgação pública, comunicações e treinamento de pessoal.

Para a segunda etapa estão reservados 100 milhões de dólares destinados à criação e desenvolvimento de infraestruturas públicas nas áreas onde serão implementados os projectos.

Leia mais em Jornal de Angola

Relacionadas