Empresas 'startup" de Macau exploram oportunidades no mercado brasileiro

Onze empresas "startup" de Macau realizaram um conjunto de viagens no Brasil para reforçar o intercâmbio com incubadoras locais e explorar oportunidades no mercado brasileiro.

No Rio de Janeiro realizaram-se visitas à "Fábrica de Startups", aceleradora portuguesa com sede na cidade, e ao centro de incubação "Startup Rio", indicou a Direção dos Serviços de Economia (DSE) de Macau, em comunicado.

Já na maior metrópole brasileira, S. Paulo, a delegação deslocou-se ao "Cubo Itaú", espaço de inovação e tecnologia, e ao Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia da Universidade local.

A viagem foi organizada pela DSE, em conjunto com o Centro de Incubação de Negócios para os Jovens de Macau (CINJM).

"Os projetos das empresas de Macau têm certas potencialidades no mercado brasileiro", considerou a DSE, destacando a "plataforma de tradução inteligente multilíngue de Macau", apresentada no decurso da visita.

A plataforma ecológica de tradução, estabelecida através de tecnologias de vanguarda como inteligência artificial, grande volume de dados e processamento de linguagem natural, pode criar um sistema de tradução chinês-português-inglês.

"Os empresários brasileiros interessaram-se muito e consideraram que pode, através da plataforma, ser reforçado de forma mais eficaz o intercâmbio comercial entre a China e os países de língua portuguesa", concluiu a DSE.

Relacionadas

Exclusivos